Gestores de Micro e Pequenas Empresas e empreendedores individuais discutem sobre associativismo e políticas públicas para o setor no país – Blog Dégagé
Comércio

Gestores de Micro e Pequenas Empresas e empreendedores individuais discutem sobre associativismo e políticas públicas para o setor no país

gestores-de-micro-e-pequenas-empresas-e-empreendedores-individuais-discutem-sobre-associativismo-e-politicas-publicas-para-o-setor-no-pais

Os pequenos negócios estão em destaque na geração de emprego e renda e crescem exponencialmente nos últimos anos no Brasil. Com isso, o ritmo do segmento em buscar informações e modelos de sucesso em gestão impulsiona a realização, nos próximos dias 30 e 31 de janeiro de 2020, do 1º Encontro Metropolitano de Gestores de Associações e Grupos Produtivos de Micro e Pequenas Empresas e Empreendedores Individuais – EMAMPE. Os dois dias de palestras e trocas de experiências acontecerão na Casa de José de Alencar e tem inscrições gratuitas e limitadas.

O setor das micro e pequenas empresas e dos empreendedores individuais qualificação para fortalecer a gestão empreendedora, o aceso às tecnologias e ao crédito. “Através dos pilares do associativismo podemos ter uma estruturação em rede e otimizar o empreendedorismo de empresas desse porte, inclusive para sermos competitivos em um cenário cada vez mais exigente e conquistar novos mercados”, destaca Edivaldo Nunes, presidente da Federação das Associações de Micro e Pequenas Empresas do Ceará – FAMPEC, uma das organizadoras do evento.

No Brasil as micro e pequenas empresas representam 99,1% do total registrado, segundo o Sebrae (2019). São mais de 12 milhões de negócios, dos quais 8,3 milhões são microempreendedores individuais (MEI). Os pequenos negócios também respondem por 52,2% dos empregos gerados pelas empresas no país. As micro e pequenas empresas podem ser classificadas de acordo com o número de empregados e com o faturamento bruto anual.

EMAMPE

O 1º EMAMPE será uma oportunidade de integrar os gestores das entidades associativas da região metropolitana de Fortaleza, debater os desafios competitivos dos negócios e compartilhar conhecimentos de gestão voltados para resultados. “Os painéis foram pensados para nos dar uma visão geral do cenário socioeconômico e os desafios que envolvem a nova realidade das MPEs no Brasil e no Ceará”, ressalta Edivaldo.

Participarão do evento cerca de 180 empreendedores, gestores e líderes empresarias e de entidades e representantes institucionais do projeto como Sebrae, Banco do Nordeste do Brasil – BNB, Governo Federal e Assembleia Legislativa, debatendo temas como Sustentabilidade econômica e social, Gestão de negócios e resultados, A nova previdência social, Marco legal das ONGs e Oscips, Educação financeira e cases de sucesso, Elaboração de projeto e captação de recursos, Políticas públicas para MPEs, Interlocução com órgãos de governo e Ética e cidadania para empreendedores.

A realização é da Confederação Nacional das Micro e Pequenas Empresas e Empreendedores Individuais (CONAMPE) e da FAMPEC Ceará, com apoio do Ministério da Economia do Governo Federal e BNB. A organização é do Instituto de Desenvolvimento das Micro e Pequenas Empresas e Negócios Afins, com a produção da W10 Produções e Eventos.

0 Comments

Luana Rodrigues

Reply your comment

Your email address will not be published. Required fields are marked*